Buscar
  • Andre Eyler

29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo, é sobretudo uma reflexão sobre os malefícios

29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo, é sobretudo uma reflexão sobre os malefícios que o tabagismo causa para a Saúde.

O propósito é também estimular as pessoas a largarem o vício, pois o fumante tem consciência dos malefícios, mas não consegue parar de fumar.

Aproximadamente 200 mil pessoas morrem no Brasil anualmente em decorrência de doenças provocadas pelo tabagismo.

A Organização Mundial de Saúde faz um alerta: o tabaco mata mais que doenças como malária, AIDS e tuberculose.

O cigarro, charuto, cachimbo e outros derivados do tabaco, são porta de entrada no organismo de mais de 4.000 substâncias tóxicas, como nicotina, monóxido de carbono e alcatrão.

A nicotina causa dependência química.

O fumante pode sofrer de tipos de câncer, como de pulmão, traqueia e brônquios, além de osteoporose, impotência sexual masculina, infertilidade feminina, hipertensão, trombose, problemas na gestação, úlcera, entre outros.

Além disso, um fumante tem mais chances de ter infarto, derrame e enfisema pulmonar.

O fumante passivo também é prejudicado com os problemas relacionados ao fumo.

Apesar da dependência, é possível parar de fumar!

O tratamento de origem comportamental desenvolve formas de parar e permanecer sem o fumo.

Algumas vezes, são necessários medicamentos.

Não desista, largue esse vício! Você pode viver, sem fumar.



40 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos