Buscar
  • Andre Eyler

A genética não é a principal fator de risco para desenvolver o câncer de mama.

A genética não é a principal fator de risco para desenvolver o câncer de mama.

A origem hereditária representa menos de 10% dos casos.

A maioria dos tumores de mama, cerca de 90% tem sua causa em por mutações genéticas associadas a fatores ambientais e reprodutivos.

É o que aponta o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer.

Fatores ambientais estão relacionados ao estilo de vida, como alimentação, prática de atividade física, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabagismo.

Já fatores reprodutivos se referem ao tempo em que a mulher fica exposta no decorrer da vida ao estrógeno, hormônio feminino produzido pelo próprio corpo.

Por isso não me canso de ressaltar: mais qualidade de vida, é cuidar da alimentação, praticar exercícios físicos regularmente e nunca deixar de fazer um check up anual, que está incluído a mamografia e todos os exames que se façam necessários.

#maisqualidadedevida #cancerdemama #controledocancerdemama #drandreeyler



25 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos