Buscar
  • Andre Eyler

Após a cirurgia bariátrica é muito freqüente ficar com excesso de pele!

Após a cirurgia bariátrica é muito freqüente ficar com excesso de pele!

Mas por que isso ocorre e às vezes somente em alguns casos?

Esse processo se dá porque a perda em demasia de peso distende muito o tecido cutâneo, que na maioria das situações não consegue se retrair.

Esse estiramento costuma formar estrias, que favorecem a dificuldade da retração do tecido. Por isso, há sobra excessiva de pele e ainda uma flacidez generalizada, isto é, em várias regiões do corpo, que se caracteriza pela frouxidão dos tecidos internos e, uma flacidez que apresenta um aspecto enrugado.

Isto se acentua mais ainda por causa de vários fatores, como idade, predisposição genética, e, sobretudo, devido a quantidade de gordura perdida, pois quanto mais peso o paciente perde, mas a pele se esgarça.

Além disso, a freqüente ausência da pratica de atividades físicas daqueles que sofrem com sobrepeso e obesidade mórbida provocam a flacidez muscular, que atinge as camadas profundas e é provocada por essa falta de exercícios e pelo enfraquecimento dos músculos. Tudo isso contribui para atrapalhar também essa retração.

Mas, o aceleramento da perda de peso igualmente acentua o surgimento da flacidez e do excesso de pele, pois uma perda mais gradativa, acompanhada de atividades físicas, ajuda a reduzir, às vezes, as chances destas sequelas. Porém, quando o paciente já se encontra o mais próximo possível do peso ideal e em boas condições de saúde, em média, depois de 1 ano e meio a dois anos, é indicada a cirurgia plástica para retirar a sobra de pele e flacidez.


E, Apesar de deixar cicatrizes, a maioria considera que a melhora do aspecto estético e funcional compensa.

#drandreeyler #cirurgiaplasticaposbariátrica #sobradepele#excessodeflacidez

88 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos