Buscar
  • Andre Eyler

Com o avanço da idade e independente do biótipo, é normal os glúteos perderem a forma.

Com o avanço da idade e independente do biótipo, é normal os glúteos perderem a forma.

A falta de atividade física, dietas irregulares, alterações de peso e herança genética, agravam a situação.

Dentro da cirurgia plástica existem técnicas que permitem corrigir diferentes problemas relacionados a região dos glúteos, e trazer a beleza deles de volta.

Entre os problemas mais recorrentes, está o bumbum sem formato definido, ou seja, sem volume muscular.

O aspecto murcho evidencia as imperfeições da pele, como flacidez, celulite e estrias.

A gluteoplastia aprimora os contornos corporais da região através de próteses de silicone, deixando as nádegas com aspecto de malhado.

A colocação da prótese é intramuscular (dentro do músculo) e o material utilizado se molda até atingir uma adaptação total.

A escolha do tamanho e formato da prótese é determinada pela estrutura corporal de cada individuo.

Nádegas achatadas também podem ser beneficiadas com a gluteoplastia.

Outra aliada é a lipoenxertia, procedimento que remove gordura de certas áreas do corpo e injeta em outras.

Tira-se da região do abdômen, por exemplo, e coloca-se no bumbum.

A paciente deverá ter gordura excedente naquele local do corpo para ser retirada.

Já se os glúteos são caídos é orientado fazer um lifting na área.

Esse formato é comum em pessoas que emagreceram mais de dez quilos, ou estão acima de 50 anos.

Já perderam gordura e tônus muscular.

As cirurgias plásticas para reverter esse problema visam elevar o músculo glúteo ou preencher o espaço vazio.

E nunca é demais ressaltar! Para uma aparência natural e proporcional, em todos os procedimentos é fundamental o bom senso para respeitar o equilíbrio e a simetria do corpo.

#bumbum #aparenciadosgluteos #maisbelezanaregiãodosgluteos #gluteoplastia #drandreeyler



68 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos