Buscar
  • Andre Eyler

Diante de tantos fatos recentes sobre o Silicone industrial, esclareço que procedimentos que usam

Diante de tantos fatos recentes sobre o Silicone industrial, esclareço que procedimentos que usam o produto em pacientes são considerados crimes contra a saúde pública e podem levar à morte.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe o uso de silicone industrial na utilização de procedimentos estéticos.

O silicone industrial não deve nunca ser utilizado no corpo humano e tem como finalidade a limpeza de carros e peças de avião entre outras funções.

O desvio de seu correto uso, servindo como material para cirurgia plástica, por exemplo, é considerado crime e pode causar sérios riscos e danos à saúde.

O silicone dito industrial, que tem aspecto oleoso, se injetado no organismo pode gerar diversas anomalias, seja na hora da aplicação ou com o passar dos anos, como deformações, dores, dificuldades para caminhar, infecção generalizada, embolia pulmonar e, até mesmo, a morte. Para aplicações estéticas, o silicone original é matéria-prima para inúmeros tipos de próteses e implantes (nunca na forma líquida) que precisam ser aprovados pela Anvisa e que devem ser manipulados por pessoas especializadas, habilitadas, e em hospitais com a estrutura necessária para atender o paciente da forma mais segura possível. A orientação para quem aplicou silicone industrial no próprio corpo é a de buscar um médico, mesmo que ainda não tenha sentido qualquer sintoma.



Somente um médico especialista pode avaliar a gravidade de cada caso. #drandreeyler #perigosdosiliconeindustrial#riscosdosiliconeindustrialnaestética

44 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos