Buscar
  • Andre Eyler

O aumento dos casos levou as autoridades da saúde a orientar que evitem sair de casa, excetuando-se

O aumento dos casos levou as autoridades da saúde a orientar que evitem sair de casa, excetuando-se os profissionais de serviços essenciais a população.

A medida visa conter o avanço e a transmissão do vírus no país e ainda impedir um agravamento da saúde publica e a falta de insumos e leitos do sistema. Se pertencer, sobretudo, ao grupo de risco (idosos e pessoas com doenças crônicas) é mais do que essencial neste momento permanecer na sua residência, pois são os mais vulneráveis.

De acordo com o Ministério da Saúde, qualquer um que tenha contato próximo (cerca de 1 metro e meio) com alguém com sintomas ou ainda os que são assintomáticos (não apresentam os sinais da patologia) está em risco de ser exposta e expor os demais à infecção.

A grande questão é que, ao circularmos indevidamente, corremos não só o risco de ficarmos doentes, mas também de transmitir o coronavírus para mais pessoas.

Por isso, é super importante ficar em casa por você e por todos.

Precisamos nos conscientizar, ser solidários e pensar na responsabilidade que temos uns com os outros, especialmente para os que são mais vulneráveis aos efeitos do vírus.

Ou seja, ao continuar frequentando lugares com circulação de gente, você se expõe e, assim expõe também seus familiares, amigos, idosos e a comunidade em geral.

Pense nisso antes de sair de casa desnecessariamente.

Faça isso só quando for indispensável e imperioso. Cuidem-se!

#drandreeyler#saude#fiqueemcasa#covid19#coronavirus#transmissaovirus#grupoderisco#infecçãocoronavirus#Idosos#doençascronicas#saudepublica#exposiçãoaovirus#saudepopulação#Pandemia#isolamentosocial



2 visualizações

Copyright 2018- 2021 Dr.André Eyler  |  Todos os Direitos Reservados   |    Feito por Ranulfhos